Blog

PIX: Banco Central sugere 4 saques gratuitos por mês e limite de valor de saque a partir do segundo semestre

14 de maio
O Banco Central (BC) abriu, na última segunda-feira (10/05), uma consulta pública que receberá, até o dia 9 de junho, sugestões dos cidadãos a respeito de duas novidades relacionadas ao PIX: o PIX Saque e o PIX Troco. Ambas devem entrar em operação no segundo semestre deste ano.
 
Voltado exclusivamente à retirada de recursos em espécie, o PIX Saque poderá ser oferecido em estabelecimentos comerciais, empresas, instituições especializadas no serviço de saque ou instituições financeiras. O BC destaca que, desse modo, a população poderá sacar dinheiro em caixas eletrônicos, estacionamentos e padarias, por exemplo. 
 
Associado a uma operação de compra ou prestação de serviço, o PIX Troco poderá ser oferecido por empresas e estabelecimentos comerciais. Por exemplo: o cliente de uma padaria poderá comprar R$ 10 em pães, fazer um PIX de R$ 20 para o estabelecimento, que lhe devolveria os pães e R$ 10 em espécie. 
 
BC explica como as modalidades vão funcionar 
PIX Saque vai funcionar assim: no estabelecimento onde fará o saque, o usuário deverá fazer a leitura de um QR Code ou utilizar a função PIX Copia e Cola. O objetivo é garantir o PIX ao estabelecimento, que disponibilizará a ele o dinheiro em espécie. 
 
Já o PIX Troco funcionará da seguinte maneira: no estabelecimento onde estiver disponível essa modalidade, o cidadão poderá, ao realizar uma transação de R$ 50, por exemplo, fazer um PIX de R$ 100 a partir da leitura de um QR Code único disponibilizado pelo estabelecimento e receber R$ 50 em espécie.
 
Pela nova proposta, o BC permitirá apenas quatro saques gratuitos por mês, seja por PIX Saque ou PIX Troco. A partir da quinta transação, as instituições financeiras ou de pagamento onde o sacador possui conta, poderão cobrar uma taxa.
 
Além disso, o BC informou que não haverá limite de quantidade de saques que os cidadãos poderão fazer. No entanto, estipulou um limite de valor máximo, a princípio, de R$ 500. Esse valor foi definido por questões de segurança e pode ter limite adicional, de acordo com a realidade de cada instituição e agente de saque.
 
Todas as informações que compõem este artigo foram divulgadas pelo BC. Para saber mais sobre o assunto, clique aqui
Voltar

Quer um orçamento? Possui alguma Dúvida?

Fale conosco!
Faça um orçamento